ArtRio 2022 terá a sua 12ª edição do na Marina da Glória

ArtRio 2022 na Marina da Glória

A ArtRio é um convite para apreciar a produção artística nacional e a debater temas relevantes sobre arte, cultura, história, cenários e desafios. A 12a edição do evento acontece entre os dias 14 e 18 de setembro, na Marina da Glória, zona sul do Rio de Janeiro. A mostra é dividida entre os espaços TERRA, pavilhão central da Marina, e MAR, área da esplanada, a feira vai reunir mais de 60 galerias e 15 instituições ligadas a arte. Um dos pontos altos da feira é a série chamada Conversas ArtRio que reúne expoentes da arte brasileira, curadores e pensadores para discutir temas da atualidade.

A ArtRio segue fiel ao seu propósito de valorizar a arte brasileira e a produção dos artistas. Esse trabalho é um importante legado do evento, focando tanto na projeção internacional como na acessibilidade a um número maior de público no país. “Uma palavra define a ArtRio em 2022: celebração. Será uma edição marcada pela superação, resiliência, diversidade, criatividade e liberdade. Para valorizar ainda mais o trabalho e a presença das galerias e instituições presentes no evento, crescemos nosso espaço externo com uma construção temporária de três mil metros quadrados chamada MAR. Com a volta das viagens, teremos também a presença de muitos colecionadores brasileiros e também um grupo com mais de 40 colecionadores de outros países”, indica Brenda Valansi, presidente da ArtRio.

Brenda Valansi , presidente da ArtRio (crédito Bruno Ryfer; divulgação)

As galerias da ArtRio 2022 foram selecionadas pelo Comitê Curatorial, formado pelos galeristas Alexandre Roesler (Galeria Nara Roesler), Antonia Bergamin (diretora da Galeria Galatea), Filipe Masini e Eduardo Masini (Galeria Athena), Gustavo Rebello (Gustavo Rebello Arte), e Juliana Cintra (Silvia Cintra + Box 4).

Confira a programação das Conversas ArtRio:

Dia 15/09 – quinta-feira

16h – Arte e educação como ferramenta de transformações sociais

Uma conversa entre Andrea Hygino, Thelma Vilas Boas e Marina Sousa sobre as possibilidades e os desafios de educar além dos padrões e ferramentas tradicionais de educação. Como a arte, como obra ou ação ativa, pode somar, questionar e repensar na ampliação e potencialização das esferas educativas.

Mediação de Paula Borghi, co-idealizadora da Potência Ativa.

18h – Articulações artísticas para potencializar a vida

Um debate, que será mais uma troca e fomento de ideias, sobre como através da arte podemos atuar ativamente nas urgências do mundo. Como o mercado, somando ao papel subjetivo dos questionamentos levantados nos trabalhos e pesquisas artísticas, pode atuar efetivamente gerando recursos para iniciativas sociais que lutam na diminuição das desigualdades sociais.

Participam do debate Roched Sebá do Instituto Vida Livre, Paula Borghi e Gabriela Davies da Potência Ativa e a artista Laura Lima.

Dia 16/09 – sexta-feira

14h – Arte + Moda: algumas provocações 

Conversa com Erika Palomino e Vicenta Perrotta.

Identificando as relações entre os sistemas das artes e das modas, a jornalista e curadora Erika Palomino investiga os códigos da roupa como status cultural, objeto de culto e exposição em museus e galerias; examina o desfile como performance e a atuação de estilistas/artistas (ou vice-versa) no contemporâneo.

Vicenta Perrotta é estilista, costureira, arte educadora. É conhecida por produzir roupas e acessórios a partir de materiais de descarte da indústria têxtil, e transformá-las em novas peças, que dialogam, discutem e questionam o comportamento de consumo, principalmente o de moda. Trabalhando através da ressignificação de consumo, a artista desconstrói as questões de gênero nas roupas, como por exemplo o binarismo

16h – MAR na ArtRio

Conversa com Sandra Sérgio e Marcelo Campos, diretora e curador chefe do Museu de Arte do Rio, e o artista Emmanuel Nassar.

18h – Curador Ademar Britto conversa com os artistas do programa SOLO

Responsável pela curadoria da décima-primeira edição do SOLO, espaço expositivo da ArtRio 2022 que traz projetos originais dedicados a um único artista, Ademar Britto selecionou a dedo diferentes nomes da arte moderna e contemporânea que têm se destacado no cenário das artes, em diferentes fases de suas carreiras e com práticas diversas, resultando em um recorte autêntico e, principalmente, preocupado com a “formação de público e fruição cultural”.

Nesta conversa, o curador recebe os artistas Gabriel Giucci, JOTA, Elian Almeida e Maxwell Alexandre para uma troca sobre suas carreiras artísticas, referências, trajetórias e projeções.

Colecionador Ademar Britto, Médico, colecionador de arte e curador com formação em Estudos Curatoriais pela Escola de Artes Visuais do Parque Lage (Rio de Janeiro) e Node Center for Curatorial Studies (Berlim) – Responsável pela curadoria do SOLO (Programa que foca em projetos expositivos originais dedicados a um único artista), Ademar selecionou obras de nove artistas brasileiros, de diversas regiões do Brasil e com diferentes histórias de vida e de aprendizado de arte

Dia 17/09 – Sábado

14h – O Valor da obra de arte

Conversa com Ana Leticia Fialho, Angélica Moraes e mediação do editor Ronaldo Graça-Couto. 

16h – Conversa sobre Arte 

Conversa sobre Arte com a curadora do Museu de Arte Moderna – MAM Keyna Eleison e o artista Elian Almeida. 

18h – Artista negro, galerista branca

Conversa com o curador Igor Simões e a curadora do New Museum Vivian Croquett, com mediação de Nei Vargas, diretor da Aura Galeria.

A obra de Gervane de Paula “Artista Negro, Galerista Branca” instiga um debate sobre os processos decoloniais no mercado de arte. Observa-se crescente representação de artistas negras e negros em contradição ao exíguo número de galeristas negras e negros. Afinal, como avançar em posicionamentos assertivos? O que ainda pode e o que não pode mais ser tolerado nas relações assimétricas do mercado de arte?

Dia 18/09 – Domingo

14h – Exu nos museus e na Avenida

Os curadores Leonardo Antan e Marcelo Campos, junto com os artistas Leonardo Bora e Gabriel Haddad, carnavalescos dos Acadêmicos da Grande Rio, debaterão a presença das artes do carnaval e afro-religiosas no universo institucionalizado, a partir do desfile campeão do carnaval carioca de 2022, com o enredo “Fala, Majeté! Sete Chaves de Exu.” A apresentação foi um gesto político e espiritual, que se aliou a outras iniciativas que têm desconstruído estigmas coloniais e do racismo religioso. Sua repercussão abre espaço para a presença e a ausência da produção carnavalesca nas instituições artísticas e o olhar dado a cultura afro-brasileira nesse contexto.
 

16h – Lançamento filme “Relevos da Alma” e conversa com Paulo Sergio Duarte

O curta metragem “Relevos da Alma” é uma viagem poética sensorial pelos relevos e formas geométricas de Arthur Piza, gravurista brasileiro radicado em Paris. Sua busca para sair da superfície plana, criar e ressignificar o espaço contido da obra, subverteu materiais tradicionais além de incorporar objetos cotidianos à criação artística, gerando uma simplicidade sofisticada ímpar em sua produção. Para o artista, que considerava seu trabalho como uma composição musical, a improvisação era elemento intrínseco a seu processo de criação, ritmado pela batida do martelo no entalhe do cobre, sem padrões uniformes e repleto de surpresas. O filme é uma produção da Lumen Produções com a Mayu Filmes, direção e roteiro de Adriana Miranda e Nina Luz.
 

17h30 – Vamos juntas? Como a arte pode unir mulheres

Uma conversa entre Anna Costa e Silva e Nanda Feliz sobre o aprisionamento de mulheres em rótulos, limitações e diagnósticos, sejam eles médicos ou não. E como através de trabalhos de arte é possível elaborar essas vivências e atuar coletivamente para mudanças práticas na sociedade. Anna e Nanda vão dividir com o público a experiência da produção do filme “Por favor leiam para que eu descanse em paz”, que tem como início uma carta da avó de Nanda encontrada na ocasião do seu falecimento e, a partir de uma chamada aberta, apresenta o relato de diversas mulheres sobre suas histórias pessoais de opressão e loucura. A conversa será mediada por Maíra Marques, da Potência Ativa.

ARTRIO 2022 – 15 a 18 de setembro (quinta-feira a domingo). Ingressos pelo site: R$ 80 / R$ 40. Horário: 14 de setembro — Preview das 13h às 21h / 15 a 17 de setembro — das 13h às 21h/ 18 de setembro — das 12h às 20h. Local: Marina da Glória – Av. Infante Dom Henrique, S/N — Glória. Estacionamento no local, sujeito a lotação. Metrô: Estação Glória.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s