A peça O Método Grönholm estreia no Rio de Janeiro

Foto divulgação – O Método Grönholm no Teatro Copacabana Palace

Até onde você é capaz de ir na disputa pelo emprego dos sonhos? É essa provocação cheia de ironia que os diretores Lázaro Ramos e Tatiana Tibúrcio fazem ao público na comédia O Método Grönholm, que, depois de uma temporada em sucesso em São Paulo, chega ao Rio de Janeiro. O espetáculo está em cartaz no Teatro Copacabana Palace, entre 6 de janeiro e 5 de fevereiro, às sextas e aos sábados, às 20h, e aos domingos, às 18h.

No elenco, Luis Lobianco, Raphael Logam, George Sauma e Anna Sophia Folch vivem a irresistível história de quatro executivos ambiciosos que disputam uma única vaga de emprego. Confinados em uma sala e observados como que em um reality, eles são submetidos a provas pouco convencionais. 

A um passo de alcançarem a tão desejada posição, eles vão sendo envolvidos em situações tão surpreendentes quanto constrangedoras, sempre recheadas de revelações. Em clima de crescente tensão e recheada de humor ácido e ironia, o espetáculo traz diversas reviravoltas, despistando o público e revelando o lado mais ridículo do ser humano. 

Este é o mote da aclamada obra escrita em 2002 pelo catalão Jordi Galcerán, que, de forma muito inteligente e divertida, conta as dificuldades que muita gente enfrenta na busca por uma boa vaga de trabalho e o que as pessoas fazem para conseguir seus objetivos. A comédia é um sucesso ao redor do mundo há 20 anos, tendo originado o filme espanhol El Método, dirigido por Marcelo Piñeyro, em 2005, e lançado no Brasil com o título “O que você Faria?”. 

“O texto do Jordi Galcerán fala sobre métodos pouco ortodoxos para selecionar um profissional para uma empresa, fazendo deliciosas provocações sobre os comportamentos reais das pessoas em momentos como este, em que um processo de seleção vira um combate”, conta o diretor Lázaro Ramos.

O Método Grönholm. Temporada: 6 de janeiro a 5 de fevereiro de 2023, às sextas e aos sábados, às 20h, e aos domingos, às 18h. Teatro Copacabana Palace – Av. Nossa Sra. de Copacabana, 261, Copacabana, Rio de Janeiro, RJ. Ingressos: Setor 1 – R$180 | Setor 2 – R$160 | Setor 3 – R$100*Meia-entrada disponível para todos os setores. Vendas online na plataforma Sympla. Classificação: 12 anos. Duração: 70 minutos.

Churrascaria Palace é Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro

Churrascaria Palace ( Copacabana- RJ)

Aos seus 71 anos – completos em dezembro/22, com o tripé Bossa Nova, Copacabana e Art Decor, a Churrascaria Palace conquistou o título de Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro. Localizada no icônico bairro carioca, a premiada casa é a mais tradicional do Rio de Janeiro com seus quase 40 selecionados cortes de carne. Fundada em 1951, nasceu na mesma década que a Bossa Nova e é frequentada por grandes nomes da música popular brasileira. Além da trilha sonora – MPB – na veia, conta com Patrimônio Imaterial do Rio – o Beco das Garrafas – como vizinho. Reduto dos maiores músicos do país, o espaço é colado- parede com parede- com a cozinha da casa.

Para completar, o estilo carioca que conquistou a crítica nacional e internacional, a Art Decor do salão apresenta belas cenas do cotidiano da Princesinha do Mar. “Somando a gastronomia de alta qualidade, a collab com renomados chefs e o afetuoso serviço com colaboradores de longa data, os quais confio muito; o tripé da Churrascaria Palace – Bossa Nova, Copacabana e Art Decor – transforma o nosso rodízio em uma experiência única. Aqui é um lugar de encontros. São 70 anos de muita história com clientes fiéis, frequentadores assíduos”, explica Antônio Saraiva, proprietário da casa.

O arquiteto Chicô Gouvêa assina o projeto arquitetônico do restaurante e apresenta um requintado ambiente inspirado na Art Decor. Quadros em fotos PB com detalhes em dourado dos prédios da região do Lido – logo ao lado da churrascaria – chamam atenção e fazem alusão aos anos dourados, da década de 50. E também o painel “Santa Ceia da Bossa Nova”, exposto no salão, ao lado de um belo piano, que recebe músicos até hoje, faz parte da elegante decoração.

O rodízio da Palace inclui quase 40 cortes de carnes nobres, em que o capítulo de caça é um grande destaque. Há opções como avestruz, codorna, javali e picanha de pato. Os cortes criados pela Palace também merecem atenção especial, afinal de contas são as coisas mais lindas e cheias de graça que os clientes vão ver passar. Entre os exemplos, a Picanha Borboleta, lançada pela churrascaria nos anos 80; a Paleta de Cordeiro ao Douro; a Costela Prime; e a próprio corte Chuleta que fez muito sucesso no passado e a churrascaria resgatou há dois anos. Na mesa, há uma relação completa com a explicação de todas as carnes que o cliente pode pedir ao garçom, conforme preferência. E não é preciso se desesperar com a tradicional bolacha verde e vermelha que indica o serviço da carne na mesa. Na Palace, foi abolida há anos. Há, ainda, cortes especialíssimos por tempo limitado, conforme indicação dos experts da casa. O buffet também surpreende, pois vai além das clássicas saladas frescas, guarnições e sugestões japonesas. As sobremesas são um capítulo à parte. Uma das mais pedidas na casa é o Quindim à Vinícius, cuja receita tem um shot de whisky.

Churrascaria Palace – Rua Rodolfo Dantas, 16 – Copacabana. Telefone: (21) 2541-5898.

Taverna Del Mar é novo espaço no Leme ( RJ) com gastronomia e shows de jazz

O Taverna Del Mar, que fica no subsolo do quiosque do Gávea Beach Club, no Leme, zona sul do Rio de Janeiro, é o único espaço “ativo” debaixo de um restaurante de praia no Rio atualmente. Tem um espaço amplo de 100 metros quadrados e uma decoração que remete à uma viagem por tavernas espanholas e osterias italianas.

O projeto, assinado pelo arquiteto Antonio Violante, tem móveis rústicos de madeira com paredes de azulejos. Uma das áreas charmosas da casa é a entrada, em estilo speakeasy, e a adega para armazenar 260 garrafas.

A Taverna não trabalha com cardápio fixo, e as opções variam de acordo com os eventos e com a sazonalidade dos produtos.

Um espaço foi montado especialmente para a música na Taverna, com piano e bateria. Todas as quartas-feiras de dezembro/22, a partir das 20h, participação do músico João Braga e de convidados.

Taverna Del Mar – Av. Atlântica, QL 09/10, Leme. Subsolo do Quiosque Gávea Beach Club.

Bares e restaurantes para assistir os jogos da Copa do Mundo no Rio de Janeiro

Começa a Copa do Mundo e os olhos e corações de torcedores por todo globo estão voltados para os jogos no Catar. Para comemorar o maior evento de futebol do mundo, bares e restaurantes do Rio de Janeiro oferecem menu especial, drinques, promoções e áreas temáticas para quem quer assistir os jogos.

Confira as nossas dicas de opções para cariocas e turistas curtirem a Copa na cidade maravilhosa. (Recomendamos checar com as casas a necessidade de reserva e se estão mantidas as promoções).

Pobre Juan ( Barra da Tijuca) – a rede terá uma promoção especial para quem for assistir os jogos do Brasil. Nessas ocasiões, a partir de uma hora antes do jogo até uma hora após a partida, todos terão direito ao Gin e uma seleção de petiscos em dobro. São destaque as empanadas e as porções de linguiças da casa.

Churrascaria Palace ( Copacabana) – a casa que trabalha com estilo rodízio, vai transmitir os jogos da Copa do Mundo, a partir de 12h. E, para homenagear os países participantes, a casa selecionou peças especiais para os comensais curtirem a competição. Para o Brasil, a famosa Picanha Borboleta – corte criado na casa, na década de 80 – é a grande aposta. O Cowboy Steak representa o Estados Unidos. Já o French Rack, a França. A Inglaterra não podia ficar de fora e o T-Bone entra em cena. Assim como a Argentina será retratada com Bife Chorizo e o Uruguai com Bife Ancho. E, ainda, o Porco Preto que caracteriza Portugal. No buffet também encontramos nações como o Japão, presente no Sushi Bar; o Jamón da Espanha; o Queijo Azul da Alemanha. Já a carta de vinhos apresenta rótulos do mundo todo.

Casa Milà ( Laranjeiras) – o chef Fernando Almeida aposta em opções criativas de pratos, saladas, petiscos e burguers. Para começar, não deixe de experimentar as tradicionais croquetas de Jamón (R$ 38 – 4 unidades); Patatas Bravas (R$ 32), batatinhas ao aioli com páprica picante; Gambas al ajillo (R$ 68), camarão ao alho e óleo, com limão siciliano e cesta de pães; e Porca Miséria (R$ 58), cinco cortes suínos, enrolados com queijo e empanados em farinha especial da casa. Durante os jogos do Brasil e da Espanha, a cada gol das respectivas seleções, a casa oferecerá um chope pilsen grátis.

Narreal Brewhouse ( Botafogo) – a casa preparou para a primeira fase do torneio um open bar de cervejas artesanais para os torcedores poderem vibrar assistindo aos jogos do Brasil (R$180, ingresso 1° lote) com direito a roda de samba com o grupo Confraria Carioca antes da partida. Durante as 7 horas de open bar, serão dez cervejas artesanais servidas, como: Pilsen Narreal (Pilsen), Funfarra (Oktoberfest), Maracanipa (American IPA), Praia Vermelha (Irish Red Ale), Arco do Teles (Smoked Pumpkin Ale), Botafogo (Helles Rauchbier), Weiss de Fraga (Weissbier), Corcovado (Rocky Mountain IPA), Flamengo (Witbier) e Hop House (Australian Pale Ale). Além desses rótulos, estão inclusos no ingresso água, refrigerante, caipirinhas, caipivodkas e gin tônicas.

L’entrecote de Paris ( Barra da Tijuca e Gávea) – a casa famosa por seu único prato de carne sempre servido no ponto desejado pelos clientes, delicioso molho secreto, fritas a vontade, e uma salada da casa, criou um drink especial para a Copa. O drink Canarinho é elaborado com vodka, suco de laranja e Curaçao blue. Além de lindo e instagramável, é uma bebida leve e cheia de sabor. Para acompanhar, as unidades têm ainda diversas opções de entradinhas ( como brie gratinado, salada saison, couvert) e sobremesas com charme francês como creme brulée, cheesecake e creme caramel.

Clan BBQ ( Leblon) – a casa terá telão para a transmissão de diversos jogos do Mundial, e uma camisa criada especialmente para a ocasião. O cliente que adquirir a camisa (R$ 150), ganha um voucher que dá direito a uma long neck de cerveja Stella Artois e um hambúrguer da casa, um dos destaques do menu. O voucher pode ser usado durante a transmissão de qualquer jogo da Copa do Mundo. O cardápio do restaurante também ganhará itens novos como “especiais do dia”, durante o período do Mundial.

Hills (Urca) – localizado aos pés do Parque Bondinho Pão de Açúcar, o Hills vai transmitir todos os jogos da Copa em dois ambientes, no restaurante e no rooftop. Para os dias em que o Brasil entra em campo, a casa terá samba, pagode, sertanejo e feijoada liberada. Fazendo a estreia na Copa, dia 24 o nosso país enfrenta a Sérvia, e a partir das 12h o Hills vai receber os torcedores com show da banda Onze:20 no rooftop. A roda de samba do grupo Casuarina vai se apresentar no restaurante nos três dias de jogos do Brasil, colocando todo mundo para sambar a partir das 12h. Dia 28 o cantor Jefinho assume o terraço. No dia 2 de dezembro, João Gabriel se apresenta no espaço ao ar livre, trazendo o melhor da música sertaneja.

Porco Amigo Bar ( Leblon e Botafogo) – as unidades vão transmitir os jogos da Copa em suas duas unidades, Botafogo e Leblon. O cardápio é de Nery Owczarzak que, junto com o seu sócio Eduardo Gomes, escolhem a dedo os parceiros que fornecem o porco, protagonista do bar, que vêm de fazendas de Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina e até do interior do Rio. Para acompanhar os petiscos, sanduíches e pratos da casa, além de uma caridade de cerveja, chopps e drinks.

Coco Bambu (Botafogo e Norte Shopping) – o happy hour na unidade da zona sul carioca começa uma hora antes do jogo e termina uma hora após o jogo com caipis selecionadas com 50% de desconto, gins e entradas selecionadas com até 25% de desconto, chopp por R$5,99, Camarão Coco Brasil para 3 pessoas por R$99, atração musical ao vivo, 2 telões e brinquedoteca gratuita. Na unidade do Norte Shopping, o happy hour começa 12h e encerra 20h. Também tem música ao vivo, caipis selecionadas com 50% de desconto, entradas selecionadas com até 25% de desconto, Chopp Brahma por R$4,99, Camarão Coco Brasil para 3 pessoas por R$99, 2 telões e 15 TV’s para não perder nenhum lance do jogo.

Bucaneiros ( Centro, Copacabana e Jacarepaguá) – a casa selecionou os países, Brasil, Argentina, EUA e França para homenagear a Copa do Mundo e criar uma receita exclusiva de cada um, disponíveis nas seis unidades da marca e válido também no delivery. O sabor brasileiro (R$36,50) ficará disponível durante toda a Copa, começando já no dia 1 de novembro. Feito no pão brioche, carne de 120g, queijo prato e parmesão ralado, maionese verde, presunto, bacon fatiado, batata palha, alface, cebola roxa e ovo. É um hambúrguer raiz, no estilo do famoso xtudão, do jeitinho que o brasileiro gosta. Já o da França (R$23,50) será servido do dia 1 8 de novembro e depois do dia 25 de novembro a 2 de dezembro. É uma versão smash, no estilo croc monsieur. Servido no pão artesano, o smash de 80g é servido com molho branco, presunto e muçarela. O da Argentina (R$36,50) chega com seu sabor choripan do dia 9 a 16 de novembro, e depois volta para o menu no dia 3 a 10 de dezembro. No pão crocante, ele leva 120g de lingüiça artesanal, molho chimichurri, queijo e maionese de cebola. Na sequência, entra em cena os EUA (R$34,50), do dia 17 a 24 de novembro, e depois fecha o campeonato do dia 11 a 18 de dezembro. O sanduíche americando será servido no pão brioche, e um smash de 80g com barbecue rústico, american cheese e costela no whisky.

Quiosque de Lamare ( Ipanema) – o local terá telões para transmissão dos jogos da Copa do Mundo e promoção e sugestões especiais para os dias de jogo do Brasil. Quem for assistir às partidas da seleção brasileira e pedir o balde com cinco garrafas de cerveja Stella Artois (R$70) ganhará mais duas garrafas de cortesia. Para acompanhar, a sugestão especial do cardápio é a Seleção de Entradinhas pra compartilhar: palitinhos de tapioca (R$35), pastéis de camarão (R$27) e lula crocante (R$49).

Hilton Copacabana – no Clari Bar, com a vista para o mar, nos dias de jogos da seleção haverá dose dupla de caipirinha e cerveja Cacildis, além de combos de drinques e aperitivos tipicamente brasileiros, criados pelo chef Pablo Ferreyra. São três opções de combos, no valor de R$ 80 + 10% de taxas: Mood Carioca – coquetel à base de cachaça, com redução de brigadeiro e shot de café expresso + crocante de tapioca; De Queiroz – coquetel à base de cachaça, vermute rosso, refrigerante de caju da casa, laranja e mel + pastel de queijo; Yasaí – coquetel feito com cachaça, licor de açaí, ora-pro-nóbis e morango em calda + bolinho de feijoada.

Hilton Barra Rio de Janeiro ( Barra da Tijuca) – terá transmissão dos jogos da seleção brasileira durante o mundial de futebol. Para comemorar, a cada gol da seleção Canarinho nas partidas ocorridas no Catar, na compra de um chopp Black Princess, o segundo é por conta da casa. Na fase de grupos do campeonato, o Brasil joga nos dias 24/11, contra a Sérvia, 28/11, contra a Suíça, e 02/12, contra Camarões. Os jogos serão transmitidos no telão do Lobby Bar, com um menu de aperitivos, grelhados, sanduíches e sobremesas, criado pelo chef Felipe Moreira. A transmissão será aberta a não hóspedes, mediante reserva antecipada.

Surreal Gastrobar ( Botafogo) – casa que une realidade virtual, cervejas, drinques e é considerado o point geek da cidade. O Surreal vai oferecer uma experiência imersiva aos clientes que vierem assistir aos jogos da Copa do Mundo. Além de rodada dupla de chope a R$ 12, haverá um Shot exclusivo para quem acertar o placar do jogo. A casa terá ainda um campeonato do FIFA 23 (jogo do Playstation 5), que será passado no telão da casa, antes dos jogos oficiais da Copa começarem. Os jogos de futebol ao vivo serão também veiculados nesse telão gigante e nas quatro TVs do salão principal da casa.

Hocus Pocus DNA ( Botafogo) – a casa terá transmissão dos jogos do Brasil e lança para a Copa o seu petisco oficial de torresmo. Outras boas pedidas para a ocasião são os dois novos sanduíches do cardápio: Cogu-Bao ( veggie, com pão chinês e cogumelos) e o Ra-Bao ( com rabada glaceada e desfiada).

Bão Culinária Afetiva ( Copacabana) – o chef Kiko Faria criou um Kit Copa(R$146) com o Top 5 petiscos do seu menu. Entre a seleção, entram em campo o 01 porção de Pancetta de Porquinho Pururuca; 01 porção Coxinha de Frango com Quiabo, preparada com massa de polenta; 01 porção de Polpettina Mista, um misto de carne de bovina e suína ao molho pomodoro da casa, cebola caramelizada e ervilhas; 01 porção de Linguicinha de Porco Acebolada com batatinhas, cebola flambada na cachaça, mel e picles de mostarda; e também 01 porção de croquete de porco crocante por fora e suculenta por dentro. O kit estará disponível durante todo o mês da copa via delivery da casa.

Gato Café ( Botafogo e Barra da Tijuca) – o primeiro cat café do Rio, prepara um menu especial de wafles com sabores de seis países participantes da Copa doMundo. O do Brasil traz dois sabores bem queridinhos que são o de brigadeiro com granulados nos tons da nossa bandeira,e o de carne seca com catupiry. E esses dois serão servidos todo fim de semana.Na segunda-feira será o dia do wafle dos EUA que leva bacon e ovos por cima. Já na terça é a vez da Argentina que traz uma versão de alfajor no wafle. Na quarta é a França com seu Croque Monsieur. E a Alemanha é na quinta com uma torta de maçã. E pra fechar a semana na sexta o México traz um wafle com guacamole. Cada wafle custa R$27. E ainda tem mais clima de Copa no Gato Café. Em compras a partir de R$60 o cliente ganha um álbum da Copa que pode ser completado com figurinhas dos gatinhos que serão vendidas nas lojas.

Café Cardin ( Leblon e Copacabana) – para comemorar o maior evento de futebol do mundo, o Cardin, a casa criou uma sobremesa especial para o período, o Zuccotto (R$18, fatia | R$165, torta inteira).O doce é feito com pão de ló tradicional recheado de brigadeiro com nozes e cobertura de ganache de chocolate, além de ter formato de meia bola de futebol e com detalhes feitos com chocolate branco.

Louzieh Doces ( Ipanema) – a expert criou uma linha especial para quem quer torcer pelo Brasil. Com a bandeira do País, apenas suas cores, desenho de bola de futebol ou estrelas, muitos são os formatos que modelam casadinhos, doce de uva com brigadeiro, amendoim, entre outras receitas da expert Louzier Lessa (R$ 7,50 cada).

Diva Confeitaria Festiva e Afetiva ( Vila Isabel) – a chef pâtisserie Diva Oliveira preparou um Naked Cake(R$130) especial para a Copa do Mundo. Nas cores verde e amarelo, o bolo é preparado com massa fofinha e aerada Green e Yellow Velvet, seguindo o modo de preparo do Red Velvet com outras cores. Os recheios ficam por conta do cítrico brigadeiro de limão siciliano e o delicado brigadeiro de cream cheese. Vendidos sob encomenda, os bolos já estão disponíveis para pedidos.

Casa da Empada – a rede lançou uma promoção para deixar a torcida pelo Hexa do Brasil mais saborosa. Na compra de cinco empadas de qualquer sabor, o cliente ganha mais uma (5+1), que representa o sexto mundial do Brasil. A promoção é válida para todas as unidades. No cardápio é possível encontrar versões tradicionais, como as empadas de frango (R$ 7,00); e de calabresa (R$ 7,00); especiais como os sabores de camarão (R$ 8,00), queijo (R$ 8,00) e bacalhau (R$ 8,00); variedades integrais, como de palmito (R$ 7,00) e de cebola com queijo (R$ 7,00); além das doces, como os sabores de chocolate (R$ 7,00) e de banana (R$ 7,00).

Cumbuca ( Botafogo e Tijuca) – o abre-alas do projeto Cumbucas da Copa será o Brasil, que será representado por toda a Copa pela Feijuca (R$ 36,90 – 350g e R$ 46,90 – 500g) – feijão com carne seca, lombo suíno e paio, servido com arroz branco, couve, farofinha panko e supreme de laranja de acompanhamento. Na segunda semana, entre os dias 14/11 a 20/11, será a vez do Japão marcar presença no cardápio da casa com o Dadinho do Penta (R$ 39,90 – 135g) – dadinho de salmão, gergelim, cebolinha e molho ponzo. Entre os dias 21/11 e 27/11, a Inglaterra será a homenageada da rede com o Casal Beckham (R$ 36,90 – 250g) – peixe frito, chips de batata doce e molho de limão. Na quarta semana, o Senegal será o país homenageado, entre os dias 28/11 e 04/12, com o lançamento da Surpresa da Copa (R$ 49,90 – 350g e R$59,90 – 500g) – Arroz Jollof, camarão e quiabo frito. Entre os dias 05/12 e 11/12 o México será representado pelo Burrito Méxicomigo (R$ 29,90 – 265g) – base de folhas (alface e rúcula), guacamole com jalapeño, chili, tortillas de milho e coentro. E para finalizar o projeto, a aposta da Cumbuca, entre os dias 12/12 e 18/12, será a Salada Portuguesa (R$ 42,90 – 350g e R$ 52,90 – 500g) – salada de grão de bico, lascas de bacalhau, tomate amarelo, cebola roxa, pepino, rúcula, queijo feta e tapenade de azeitonas. As Cumbucas da Copa estarão disponíveis por tempo limitado na loja recém-inaugurada em Botafogo, que oferece o serviço de take away e delivery, assim também como a unidade da Tijuca.

Restaurante Alloro al Miramar lança menu comemorativo de seus 10 anos

Restaurante Alloro no hotel Miramar by Windsor em Copacabana ( RJ)

O ano de 2022 está sendo especial para o Alloro al Miramar, restaurante do hotel Miramar by Windsor, que fica em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro. A casa completa dez anos e entrou mais uma vez para a lista “50 Best Discovery”, que funciona como uma extensão do The World’s 50 Best Restaurants. A votação é feita por mais de mil especialistas internacionais do setor, todos os anos. O Alloro al Miramar é um dos locais que merecem entrar no roteiro de quem está no Rio de Janeiro. O ranking indica apenas 12 estabelecimentos na cidade maravilhosa.

Os dez anos do sofisticado restaurante renderam a renovação do cardápio, com novidades que vão da entrada à sobremesa. Para celebrar a data em grande estilo, o talentoso chef Michele Petenzi trouxe da Itália, sua terra natal, uma série de deliciosas inspirações. Mas seu trabalho com a gastronomia inclui também itens da culinária brasileira. “Levei alguns meses estudando e pesquisando opções para compor um novo menu. Não privilegio somente uma região da Itália e também não deixo de fora um toque brasileiro. Temos pratos para todos os gostos, passando pelo sul e norte da Itália, e valorizando o que temos de melhor no Brasil”, afirma o chef Petenzi, após apresentar uma completa experiência de almoço harmonizado, com cinco serviços.

Desde as entradas, o menu surpreende e atrai a curiosidade dos comensais. Para começar chega a mesa um delicioso couvert com pães artesanais, grissinis e manteiga de mascarpone com raspas de limão. Para entrada, o chef sugere a Burrata Tricolore (queijo burrata, geleia caseira de tomate, farofinha de bacon e rúcula) e o arancini de cordeiro. Para harmonizar, uma taça de prosecco. “A burrata faz uma combinação clássica com o tomate. A diferença é que nossa geleia de tomate é caseira, um molho agridoce”, explica o chef.

Como primeiro prato vale experimentar o risoto de queijo com farofa de speck – um presunto europeu, tomilho e alcachofra. A combinação é incrível e surpreende ainda mais com uma taça de vinho branco da Toscana.

O Cavatelli al Ragu di Agnello (cavatelli com ragu de cordeiro e queijo pecorino) é uma ótima opção de segundo prato. Essa opção também tem boa harmonização com o vinho branco.

Em seguida, vale experimentar a Guancia Bovina Brasata, Passatina di Fagioli e Broccoli (bochecha bovina braseada, puré de feijão-branco e brócolis). Esse prato harmoniza bem com um vinho tinto da Puglia. “A bochecha, a guancia bovina, é um prato mais diferente, combinação de carne com feijão-branco, muito utilizado na Itália e na Espanha. Fazemos um purê com ele. O molho que acompanha a carne é bem concentrado, forte, saboroso, com vinho, especiarias e finalizado com cacau”, conta.

Para sobremesa, além da tábua de queijos como novidade no cardápio, os doces feitos na casa já chamam s atenção. São boas pedidas o Tirami-Choux (massa choux com creme de tiramissu, gel e creme inglês de café), e o Romeu e Julieta – que tem goiaba e suspiro, além da goiabada e queijo.

É importante fazer reserva, principalmente para o jantar. O hotel cinco estrelas Miramar é o único da rede Windsor no Rio de Janeiro a ter um restaurante gastronômico.

Restaurante Alloro al Miramar – Avenida Atlântica, 3.668, Copacabana. Miramar Hotel by Windsor. Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 12h às 23h. Sábados, domingos e feriados, das 12h às 23h30.

CHURRASCARIA PALACE apresenta menus especiais para CEIA DE NATAL E REVEILLON

Churrascaria Palace em Copacabana ( RJ)

A premiada Churrascaria Palace é reconhecida como a melhor do Rio de Janeiro por cariocas e turistas. Por atrair sempre um grande público de visitantes nacionais e internacionais, e que buscam já nos meses que antecedem o fim do ano fazer reservas antecipadas, a casa já apresenta o menu para ceia de Natal e réveillon. As ceias de fim de ano serão realizadas nas noites de Natal e Réveillon, de 20h à 0h, e já aceitam reserva, pois a capacidade é limitada.

As festas de fim de ano merecem uma celebração especial e fomos conhecer, em primeira mão, alguns dos destaques dos menus especiais da Churrascaria Palace.

Para tornar a véspera ainda mais especial, o restaurante abre suas portas no dia 24 de dezembro e serve seu tradicional rodízio de carne com mais de 40 cortes e um Buffet repleto de pratos típicos da época, como os assados de peru com molho de laranja e aroeira, pernil de porco preto brazuca com molho rôti e pimentas verdes. Há também leitão, tender, arroz de bacalhau, bacalhau à lagareira, entre outras delícias. Os frutos do mar, peixes e o sushi bar também estão incluídos no pacote. As tradicionais frutas secas e oleaginosas marcam presença, e delícias da sorte como uvas e romã. Para adoçar o paladar, o cliente pode escolher entre as sobremesas irresistíveis como Ovo de Gato, Panqueca de doce de leite, Brigadeiro de colher, entre outras.

O pacote de Natal custa R$380 por pessoa e as bebidas são cobradas a parte.

Para a virada do ano, a churrascaria terá o mesmo menu especial do Natal. No dia 31 de dezembro para quem deseja brindar com mais animação, a churrascaria terá vinhos tintos e brancos, espumante Chandon, drinques clássicos, chope Praya, Whisky 12 anos, caipirinha e digestivos já incluídas no pacote da ceia. A ceia de Ano Novo sai a R$ 750 por pessoa.

Churrascaria Palace – Rua Rodolfo Dantas, 16. Copacabana. Rio de Janeiro

Concha y Toro lança The Cellar Collection: vinhos originados de prestigiados terroirs

Vinhos selecionados e de qualidade excepcional. A Concha y Toro, um dos maiores grupos vitivinícolas do mundo, visando destacar vinhos excepcionais de prestigiados terroirs do Novo Mundo, lançou uma seleção especial. Os cinco rótulos foram apresentados no Rio de Janeiro numa masterclass dentro do evento Rio Wine and Food Festival. A aula e todas as informações dos produtos foram destacadas por Pietro Capuzzi, diretor de marketing da Concha y Toro, e pelo sommelier Gianni Tartari, e foi apresentada com uma degustação dirigida.

The Cellar Collection é uma seleção de vinhos de antigas e atuais safras, com alta pontuação  junto à crítica mundial como Wine Spectator,  Descorchados, Tim Atkin, James Suckling e Robert Parker. Liderada por Isabel Guilisasti, vice-presidenta de Vinhos Finos e Imagem Corporativa, e da família de proprietários da Concha Y Toro, The Cellar Collection conta com o respaldo dos enólogos da Viña, Marcelo Papa, Marcio Ramírez e Isabel Mitarakis- cada um contribuindo com sua experiência em diferentes terroirs e cepas. Vídeos sobre o trabalho desses enólogos e imagens incríveis das regiões foram apresentadas na masterclass exclusiva da Concha y Toro.

Na seleção os rótulos Amelia, Carmín de Peumo, Gravas e Terrunyo são originários do Chile e todos têm produção limitada. São provenientes de terroirs tradicionais como o vinhedo Quebrada Seca, no vale do Limarí, que conta com condições propícias para as variedades Chardonnay e Pinot Noir, seguido do vinhedo Los Boldos, no vale de Casablanca, e do vinhedo Peumo, no vale do Cachapoal, um dos mais antigos da Concha Y Toro, que data de 1885, e é muito conhecido por suas características favoráveis à produção de tintos com a Carménère. A isto se soma o vinhedo de Puente Alto, no vale de Maipo, um dos melhores terroirs do mundo para dar vida ao Cabernet Sauvignon; os vinhedos Pirque Viejo e Quinta de Maipo, no vale do Maipo; e o vinhedo Quitralmán, no vale do Bío –Bío. Com este exclusivo portfolio a Concha y Toro preserva a identidade de cada um dos vinhos que compõem The Cellar Collection e promove algumas das mais tradicionais origens do Novo Mundo, onde produz vinhos reconhecidos mundialmente.

Conheça mais sobre os premiados rótulos dessa coleção privada da Concha y Toro, The Cellar Collection, com uvas cultivadas no Chile.

Carmín de Peumo é o primeiro e icônico Carmenere do Chile, foi lançado no mercado em 2006. Sua primeira colheita foi efetuada em 2003 e já acumula outras   12 safras, que são efetuadas única e exclusivamente quando as condições da fruta são excepcionais. A qualidade marcante de Carmín de Peumo vem de um lugar específico: a parcela 32 da vinha Peumo, localizada no vale de Cachapoal. É uma das vinhas mais antigas da empresa, datando de 1885. A vinha de Peumo é um local naturalmente protegido, localizado a 170 metros acima do nível do mar. Seus solos são profundos, franco-argilosos, de origem aluvial . Marcio Ramírez é o enólogo-chefe de Carmín de Peumo. Sua larga experiência e carreira a cargo do Carmenere da vinha, levaram-no a ser um especialista da casta e a liderar a adega Cachapoal, no vale do Rapel, onde são produzidos todos os Carmenere da Concha y Toro..

Gravas nasceu em 2007 após uma busca rigorosa do enólogo Enrique Tirado, para encontrar o melhor terroir para a elaboração de um vinho Syrah de alto padrão que expressasse toda a  elegância desta casta, sendo os solos do Alto Vale Maipo, moldados pelo rio Maipo e pela cordilheira dos Andes, os que ofereciam as condições e o equilíbrio natural que Tirado buscava.Seis anos depois, no espírito de continuar a explorar o melhor terroir do Chile para produzir vinhos de alto padrão, um vinho foi adicionados ao portfólio: um Cabernet Sauvignon, feito com uvas do terroir Puente Alto, no Vale do Maipo. Em 2019, a enóloga Isabel Mitarakis assumiu a linha, depois de ter trabalhado durante seis anos com Enrique Tirado na equipe enológica encarregada da produção de Don Melchor. Os vinhedos de Gravas têm a particularidade de possuir um profundo caráter andino, fortemente influenciados tanto pela cordilheira dos Andes, como pelos rios Maipo e Bío-Bío.

Amelia possui dois vinhos que expressam as características marcantes do Vale do Limarí, localizado no extremo norte do Chile, às portas do Deserto do Atacama. A Concha y Toro adquiriu os primeiros vinhedos nesta área em 2005, que desponta como a melhor origem do país para a produção de Chardonnay e Pinot Noir de alto padrão. Ambas as castas, originárias da vinha Quebrada Seca, são influenciadas pela proximidade do Oceano Pacífico que faz com que sua brisa refresque a vinha, favorecendo a sua ventilação. Marcelo Papa, enólogo e diretor técnico da Concha y Toro, liderou a reinvenção de Amelia em 2018, transferindo sua origem para o vale do Limarí e adicionando a variedade Pinot Noir ao portfólio.No ano seguinte, 2019, foi eleito “Enólogo do Ano” pelo proeminente crítico inglês Tim Atkin, consolidando-se como um dos enólogos de maior prestígio na cena vitivinícola chilena.

No ano 2000, a Concha y Toro lançou Terrunyo, linha com a qual desenvolve um novo conceito enológico baseado na filosofia do terroir, que consiste em identificar na vinha o local que melhor expressa a tipicidade da casta plantada. O portfólio iniciou com as variedades Carmenere e Cabernet Sauvignon. A vinha Pirque Viejo, plantada no final do século XIX, é uma das mais antigas da Concha y Toro. Este terroir possui características extraordinárias para o cultivo de Cabernet Sauvignon, graças a uma combinação de solo, clima e uma forte oscilação térmica entre o dia e a noite. Peumo é também uma das primeiras vinhas da Concha y Toro. Carmenere é cultivado ali há mais de 100 anos e atualmente é considerado o melhor terroir para o cultivo desta variedade no país. Já o Vale do Casablanca liderou o desenvolvimento da Sauvignon Blanc no Chile graças à influência marítima do Oceano Pacífico que modera seu clima, favorecendo a produção de vinhos frescos com excelente acidez. No Chile, Marcio Ramírez, enólogo que trabalha com a Concha y Toro desde 1997, é o responsável pela linha Terrunyo.

Singleton promove a ação ‘Quarta nada Clássica’ com drinks especiais com whisky no Rio de Janeiro

Drink com whisky Singleton: Honey & Ginger fashioned no Boato, bar do Maska restaurante ( Ipanema, RJ)

Drinks autorais e diferenciados estão em alta. Com drinks a base de single malt não é diferente. No Rio de Janeiro, em bares e restaurantes descoladas e conceituados, turistas e cariocas podem aproveitar uma ação especial sempre às quartas-feiras, com drinks por apenas R$28,00 (até 14 de setembro).

Essa é a nova ação de Singleton, whisky escocês pertencente ao portfólio da Diageo, que pretende mostrar aos consumidores que a bebida pode, sim, ser apreciada de uma maneira nada clássica. O evento “ quarta nada clássica” apresenta drinks elaborados a partir do single malt e quebra os paradigmas do famoso happy hour, com o intuito de surpreender os consumidores.

O whisky Singleton é envelhecido em barris de carvalho americano de ex-bourbon whiskey e barricas de carvalho europeu. O Single Malt é fermentado por muito mais tempo que o comum e possui um método de destilação mais lento que o normal, criando propositalmente menos contato com o cobre, resultando em um sabor delicado.

Os bares e restaurantes que participam da ação estão oferecendo nas suas cartas de drinks releituras de clássicos, como Rob Roy, Mark Twain, Penicilin, High Ball e entre outros, além de uma receita exclusiva da casa, baseada em um dos coquetéis plus two – drinks desenvolvidos pela marca, trazendo a simplicidade, criatividade e sabor em um único copo, além de ser dividido em três partes iguais (50 ml de Singleton, 50 ml de um insumo carbonatado e 50 ml de um insumo sem gás).

Conferimos o lançamento com uma experiência no bar secreto Boato, que fica no andar superior do restaurante Maska. Na carta dois drinks especiais do evento “quarta nada clássica”, criados pelo bartender Raí Mendes, são eles: Plum & spices Highball e o Honey & Ginger fashioned. Para acompanhar entradas que estão também no menu do Maska.

Confira a lista completa de bares participantes:

Bar da Piscina – Santa Teresa MGallery | R. Alm. Alexandrino, 660 – Santa Teresa |

Vuvu | R. Sorocaba, 601 – Botafogo

Mäska | R. Joana Angélica, 159 – Ipanema

Hilton Barra Rio | Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1430 – Barra da Tijuca

BE+CO | R. da Matriz, 54 – Botafogo

Meza Bar | R. Cap. Salomão, 69 – Humaitá

Liz Cocktails & Co | Rua Dias Ferreira, 679A – Leblon

Birosca | Rua Benjamim Constant, 115 – Santa Tereza

Páreo | Rua Mario Ribeiro, 410 – Lagoa

Escama | R. Visc. de Carandaí, 5 – Jardim Botânico

Rio Wine & Food Festival apresenta vinho, gastronomia e cultura na cidade maravilhosa

Rio Wine & Food Festival até 4/9. ( foto divulgação)

O Rio de Janeiro sedia ao longo de dez dias um festival enogastronômico que envolve vinho, gastronomia e cultura, o Rio Wine & Food Festival ( RWFF). O evento está de volta à Cidade Maravilhosa em sua 9ª edição, que acontece desde 25/8 e segue até 4/9 em diversos pontos da cidade, movimentando os segmentos e impactando positivamente o consumidor final através de troca de experiências e conhecimentos sobre o mundo dos vinhos.

O RWFF foi criado pelos experts em vinho, Sérgio Queiroz e Marcelo Copello, integrantes do Grupo Baco Multimídia, que organiza o Festival. A proposta é ser um evento democrático que terá aulas, degustações, exposição e atrações culturais.

Confira a programação:

• Degusta Talk Show – Case TORO LOCO, com Benoit Calvet, PD mundial do grupo. Local: Gávea Golf Club, em São Conrado. Data: 29/08 (segunda-feira). Horário: 18:30h às 20:00. Valor: 240,00 1º lote.

• Seminário Vinho & Mercado. Local: Auditório do Edifício Argentina, em Botafogo. Data: 30/08 (terça). Horário: 08h30 às 16h30. Para profissionais da imprensa, gastronomia, hotelaria, enólogos, convidados. Entrada franca mediante inscrição.

• Master Class Vertical de Gandolini. Local: Copacabana Palace, salão Rio de Janeiro. Data: 31/08 (quarta-feira). Horário: das 16:30 as 18:00. Capacidade limitada. Valor: R$ 1.000,00 – 1º lote Degustação vertical com todas as safras de Las 3 Marias Cabernet Sauvignon (2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018, 2019), de Gandolini, apresentada por Stefano Gandolini, acompanhada de pães, azeites, água. Pela primeira vez no Brasil a nova estrela do Chile, Las 3 Marias Cabernet Sauvignon, apresentada por seu criador Stefano Gandolini. Este tinto do Alto Maipo vem alcançando as mais altas pontuações e batido às cegas grandes ícones mundiais, já tendo seu lugar garantido entre os maiores ícones do Chile.

• Master Class Vinícola UVVA, da Chapada Diamantina BA. Local: Copacabana Palace, salão Rio de Janeiro. Data: 31/08 (quarta-feira). Horário: das 18:30 às 20:00. Valor: R$ 1.000,00 – Incluso kit com um vinho de alta gama da Vinícola. Incluso – degustação dos vinhos da UVVA, apresentados por seus proprietários, acompanhada de pães, azeites, água.

• Wine Boat Toro Loco. Local de saída: Marina da Glória. Data: 31/08 (quarta-feira). Horário do Tour: tour de 90 minuto, com saídas às 11h. Capacidade: 28 passageiros + Tripulação. Valor: R$ 185 – 1º lote. Um inédito barco circula pelas águas calmas da Baía de Guanabara, contemplando as belezas do Rio de Janeiro al mare e degustando vinhos espanhóis da marca Toro Loco, com presença de seu proprietário Benoit Calvet. O que está incluído: ingresso no passeio e a taça colorida. A bordo serão oferecidas gratuitamente doses de degustação (5 doses de 70ml por pessoa) e água. Não haverá vendas de alimentos a bordo. Roteiro: ponto de encontro no Pier da Marina da Glória, às 11h. Passeio pela baía de Guanabara, parada de meia hora na Urca e retorno Marina por volta de 12:30

• Master Class Vertical de Don Maximiano. Local: Copacabana Palace, salão Rio de Janeiro. Data: 01/09 (quinta). Horário: 18h às 19h30. Valor: R$ 1.500,00. Descrição: Degustação vertical com as safras históricas de 1984 – 1989 – 1990 – 2008 – 2011 – 2017 – 2019 de Don Maximiano, o grande ícones da vinícola Errazuriz e um dos maiores vinhos do Chile. Apresentação de Tomás Muños o Enólogo chefe de Errázuriz. Acompanhada de pães, azeites, água.

• Wine Garden Bota, na Marina da Glória. Local: Marina da Glória. Horários: 02/09 (sexta) – das 17h às 23h; 03/09 (sábado) das 12h às 16:30h e 17h às 22h; 04/09 (domingo) – das 12h às 16:30h e das 12h às 16:30h e 17h às 21h. Valor: R$ 40,00 – 1º lote (com direito ao ingresso e taça). Degustações, ingresso no espaço garden onde terá a venda dos vinhos nas requisitadas taças coloridas e serão oferecidos em mini-dose nos stands para experimentação e vendidos em dose ou garrafa no Wine Bar do evento, DJ e música. Comidinhas a venda em pontos espalhados pelo jardim e o menu normal do restaurantes que estará a disposição dos participantes. Obs: em caso de chuva este evento será transferido.

• Wine Boat Vesevo. Local de saída: Marina da Glória. Data: 3/09 (sábado). Horários dos Tours: sábado dia 03/09 (sábado), 2 tours de 90 minutos, com saídas às 14:30 e às 16:30h. Capacidade: 28 passageiros + Tripulação. Valor: R$ 185 – 1º lote. Um inédito barco circula pelas águas calmas da Baía de Guanabara, contemplando as belezas do Rio de Janeiro al mare e degustando vinhos italianos Vesevo. O que está incluído: ingresso no passeio e a taça colorida. A bordo serão oferecidas gratuitamente doses de degustação (5 doses de 70ml por pessoa) e água. Não haverá vendas de alimentos a bordo. Roteiro: ponto de encontro no Pier da Marina da Glória (1a saída às 14:30) (2a saída às 16:30). Passeio pela baía de Guanabara, parada de meia hora na Urca e retorno Marina por volta de 16:00 no primeiro passeio, e as 18:00 no segundo passeio.

Linha Queulat da Ventisquero apresenta vinhos veganos e nova marca

Os vinhos Queulat, da linha Gran Reserva da Viña Ventisquero , vinícola do Chile representada exclusivamente pela Cantu Importadora no Brasil, passaram por uma recente renovação e chegam às lojas com um novo visual e novo posicionamento. A novidade foi apresentada em almoço para convidados em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Os vinhos Queulat são os Gran Reserva da Ventisquero e agora são veganos – os vinhos não tiveram contato com ingredientes de origem animal em sua produção. São ao todo seis vinhos que compõem a linha Queulat e participamos de uma degustação com menu vegano.

Na degustação com apresentação feita por Amaya Zuazola, da Ventisquero, no restaurante carioca Salumeria, foram servidos cinco rótulos. O primeiro deles foi o vinho Sauvignon Blanc, um branco produzido por maceração pré-fermentativa a frio por 12 a 14 horas, finalizado com maturação “sur lies” de 5 meses com bâtonnage. Ele possui 13% de teor alcoólico e um olfativo de maracujá, flores brancas e hortelã. Já o Cinsault é um tinto produzido na região Valle del Itata por meio de uma seleção manual de uvas e fermentação em tanques de aço inoxidável, com um olfativo que remete a framboesa, amora e ervas frescas. Para quem prefere um Carménère, a linha também oferece um rótulo da região de Valle del Maipo, com um visual rubi e um olfativo de amora, cereja e chocolate. Já o Pinot Noir é produzido com uma colheita manual e fermentação com grãos inteiros em tanques de aço inoxidável, sendo 70% do vinho maturado em carvalho francês por 10 meses. Ainda na linha Ventisquero Queulat Gran Reserva, o Syrah é maturado em carvalho por 12 meses e apresenta um aroma de ameixa, tabaco e pimenta preta.

Segundo Felipe Cesca, Sommelier da Cantu, “a linha chilena Ventisquero Queulat Single Vineyard Gran Reserva chega com muito frescor e um ar de novidade para os clientes que amam apreciar um belo vinho em uma ocasião especial”.